4 ABR. SÁB. 22H
B Fachada
Pop / Folk | GA | 5€ | M/4 anos


B Fachada é um autor e intérprete que não precisa de grandes apresentações, dono de uma discografia já considerável e aclamada. Cumpriu em 2013 um ano sabático, descansando da produção de discos e dos concertos ao vivo, após o ritmo fulgurante de duas edições por ano e estrada incessante de lés a lés do país, que o impôs como uma das vozes mais ouvidas e seguidas da sua geração.

Regressou aos concertos em 2014 e mais concertos se seguiram e novas canções entusiasmaram os fãs, sucedendo no Verão de 2014 o lançamento de novo disco homónimo, 'B Fachada', disponível exclusivamente em formato digital no seu Bandcamp.

11 ABR. SÁB. 22H
Brass Wires Orchestra
Folk-Rock | GA | 7€, venda antecipada 5€ | M/4 anos


Os Brass Wires Orchestra nasceram em Setembro do ano de 2011 nas ruas de Lisboa, com o simples objetivo de fazer música pelo prazer.

Depois de marcarem presença em festivais como o Optimus Alive, Paredes de Coura e Hard Rock Calling, entre outros, os BWO lançaram em 2014 o seu primeiro álbum de originais, “Cornerstone”, gravado em Lisboa e masterizado em Londres, nos míticos estúdios Abbey Road.

Conhecida pelo seu apelativo folk-rock, os BWO emergiram como a grande força nacional neste segmento musical e garantem um espetáculo rico, tanto pela força dos seus arranjos de sopros, como pela subtileza harmónica das suas vozes.

18 ABR. SÁB. 22H
Keep Razors Sharp
Pós-Rock / Psicadélico | GA | 10€, venda antecipada até 11 Abril 5€ | M/4 anos


Os Keep Razors Sharp são Afonso (Sean Riley & The Slowriders), Rai (The Poppers), Bráulio (ex-Capitão Fantasma) e Bibi (Pernas de Alicate, entre outros).
Com uma sonoridade entre o psicadelismo, o shoegaze e o pós-rock, os dois singles de estreia “I See Your Face” e “9th” tornaram-se sucessos radiofónicos e já lhes valeram a aposta nacional da revista Blitz para 2014.

Após um ano de grandes conquistas, os Keep Razors Sharp preparam-se para voltar à estrada. No seguimento dos concertos de apresentação do álbum homónimo e da excelente receção do público e da crítica, é tempo agora de encetar um novo ano com uma rodada de espetáculos de norte a sul do país.

25 ABR. SÁB. 22H
Semeando…Colhendo…Abril a muitas vozes!
Folk | GA | 2 € | M/4 anos


Mais uma vez, o Semeador – Grupo de Cantares de Portalegre, dinamiza este espaço de encontro, juntando amigos, no palco e fora dele.

Este ano, o sábado 25 de Abril, Dia da Liberdade, será o dia em que de novo juntaremos as vozes e entoaremos os sons que nos desenham a alma.
As melodias tradicionais e para sempre símbolos de liberdade, serão interpretadas pelo Semeador e convidados.
Comemorar é fazer uma festa! Está convidado!

2 MAI. SÁB. 22H
Filmes em Concerto
Banda Euterpe
Música Ligeira | GA | 6 € (4 € < 12 anos | M/4 anos


Música e cinema parecem ter sido feitos um para o outro, desde os tempos em que víamos desfilar num ecrã as imagens a preto e branco, ao som do piano. A empatia entre estas duas formas de expressão artística é tão forte, que nas nossas memórias de um filme está frequentemente a sua banda sonora ou, pelo menos, um dos seus temas.
Depois do sucesso alcançado no 154º aniversário da Sociedade Musical Euterpe, os filmes voltam a estar em concerto no Centro de Artes do Espectáculo de Portalegre.
Recorde músicas de filmes marcantes como “O Gladiador”, “A Lista de Schindler”, “África Minha”, “Pearl Harbor”, “Verdes Anos”, entre outras.
À Banda Euterpe juntam-se outros convidados especiais, que transformarão, mais uma vez, este espetáculo num momento repleto de ação e magia.

9 MAI. SÁB. 22H
Diabo na Cruz
Pop / Folk | GA | 10€ | M/4 anos


Os Diabo na Cruz apresentam em palcos mais intimistas o novo álbum homónimo, “Diabo na Cruz”, editado no final de 2014.

Do novo disco, já se conhecem “Vida de Estrada”, e mais recentemente “Ganhar o Dia”, músicas de avanço, que inundaram as rádios e se tornaram rapidamente em novos sucessos da banda. Incapazes de se repetirem, com o novo disco os Diabo na Cruz prometem continuar a sua caminhada impar no panorama musical português, reinventando mais uma vez a musicalidade do país sob um prisma contemporâneo e refletindo sentimentos, aspirações e contratempos de uma geração que se descobre a si mesma no ato de esculpir o amanhã.

15 e 16 MAI. SEX e SÁB. 23H
5º Festival 1 MAN band
One Man Band | CC | 3 € | M/12 anos


15 de Maio

Urban Junior (Suíça)
Electro clash and raw synth punk trash


Com uma abordagem única ao formato one man band, Urban Junior cria a sua assinatura sonora com sintetizador, guitarra, bateria, Beatmachine dos anos 80 e um megafone através do qual ele canta. Essa assinatura sonora tem sido referida pela sua editora, Voodoo Rhythm, como "Swiss - spankin ‘- electro – trash – garage – boogie – disco – blues - punk".
Urban Junior é um engenheiro de ruído e cientista louco musical, cujas experiências muitas vezes resultam no inesperado.

Tiny Legs Tim (Bélgica)
Delta blues contemporâneo


Tiny Legs Tim está a percorrer um caminho, que irá fazer dele o músico blues de referência na Bélgica. O seu estilo muito pessoal, prova que o blues contemporâneo pode fazer mais do que regurgitar as formas existentes.
“Stepping Up” é o seu mais recente disco, uma ode ao positivismo, poder e esperança que ajudam a enfrentar as adversidades.

FEL (Portugal)
Blues / Rock


FEL, é o nome escolhido por Humberto Felício para batizar o seu primeiro trabalho a solo. O ponto de partida desta aventura está diretamente relacionado com a efetiva paragem da banda de rock que liderou durante os últimos dez anos, os Kaviar.
FEL é um exercício de reflexão e experimentação. Voz, guitarra, alguma aparelhagem, passando por alguma percussão e a emocional performance artística, atingem a simplicidade da composição numa doce viagem sonora.

16 de Maio

Caustic Roll Dave (Espanha)
Blues


Caustic Roll Dave é um projecto one man band espanhol que começou em 2009. Apesar do seu passado duvidoso, um facto não deixa dúvidas: o seu primeiro álbum “Long Term Blues”(Philatelia Records, 2011) resulta de uma excelente combinação musical baseada no blues, folk cavernoso, tecnologia Lo-Fi , melodias, harmónica e guitarras infecciosas.
Ao  vivo apresenta-se com um surpreendente formato repleto de instrumentos e equipamentos, preparado para nos envolver no espírito de “Long Term Blues”.

The Blues Against Youth (Itália)
Country’n’Roll Primitive One Man Experiment


Inspirado por nomes como Hank Williams, Merle Haggard e David Allan Coe, The Blues Against Youth desenvolve uma sonoridade que passa pelo rock dos anos 70 de Lynyrd Skynyrd e Led Zeppelin e pelo delta blues primitivo.
À primeira impressão podemos ser tentados a catalogar a sonoridade do italiano como Roots Rock, mas isso não lhe faz justiça. The Blues Against Youth pratica uma sonoridade que o próprio define como Country’n’Roll Primitive.

Johnny Luv & Os Hate Killers (Portugal)
Blues / Rock


Johnny Luv & sus muchachos Hate Killers apresentam bonitas canções de amor, sob a égide do rock 'n roll, na sua melhor forma: cru, primitivo, despido, "in your face", como nunca deveria ter deixado de o ser.
A receita é simples e básica: um "one man show" despreocupado, sem pretensiosismos ou falsas aparências, onde a atitude e o carisma são o prato forte.

16 MAI. SÁB. 22H
Noturno de André Russo
Dança Contemporânea | GA | 3€ | M/12 anos


“Concretizo neste projeto a vontade de criar um espetáculo de dança com intérpretes não profissionais. Uma perspetiva partilhada por vários coreógrafos, que torna a dança acessível a todos: com o que cada um conhece sobre o seu corpo e com o que descobre durante o processo criativo. Em “Noturno”, somos o grupo e os lugares que procuramos dentro dessa rede, que funciona como um jogo, feito de passos e corridas, encontros e ausências.
Em “Noturno”, somos a sombra e a vontade de nos fazermos manhã. Juntos.”
André Russo

Ficha Artística:

Criação: André Russo
Interpretação Ana Sampaio, Joana Simões, Maria João Silva, Paulo Pelixo e Susana Morais
Edição Musical: André Russo
Fotografia: Joaquim Carrapato e Telmo Rocha

23 MAI. SÁB. 17H
Sonho de uma noite de verão
Espectáculo criado por CAEP LAB
Multidisciplinar | GA | 2 € | M/4 ano
s


“Sonho de uma Noite de Verão” é uma adaptação da obra clássica de William Shakespeare, cujo texto servirá de base para toda a criação artística.

Este espetáculo multidisciplinar é o resultado final de todas as oficinas do CAEP LAB, nomeadamente teatro, dança contemporânea, ballet clássico, sevilhanas e grupo vocal infantil, no total de uma centena de participantes.

30 MAI. SÁB. 16H
XIII Encontro de Coros Infantis
Coral | GA | Entrada Livre | M/4 anos


No XIII Encontro de Música Coral Juvenil de Portalegre, mais uma vez este evento anual reúne em palco diversos grupos, que demonstram que continuamos a gostar de música coral.

Este é também um encontro com um cariz solidário, por isso pedimos ao público, que em apoio à Cáritas Diocesana Portalegre – Castelo Branco, traga um livro, um jogo, um alimento ou uma peça de roupa.

5 JUN. SEX. 22H
Trio de cordas e flauta
Ensemble Contemporaneus | PA | 8 € (6€  < 18 anos > 65 anos) | M/4 anos


Num concerto inteiramente dedicado ao repertório de câmara escrito para flauta transversal e cordas, serão interpretadas obras de Wolfgang Amadeus Mozart (1756-1791), Ludwig van Beethoven (1770-1827) e Volkmar Andreae (1879-1962).

Neste concerto, serão ouvidas duas combinações menos recorrentes mas não menos interessantes, sobretudo devido à inclusão da flauta transversal.

Ficha artística:
Solistas do Ensemble Contemporaneus:

Flauta: Solange Silva
Violino: Juan Solana
Viola: David Montes
Violoncelo: Nerea Olabe